As 7 leis da Arquitetura Frugal

Jaime Nagase
2 min readMar 10, 2024

Durante o re:Invent de 2023, Werner Vogels apresentou o contexto sobre Arquitetura Frugal. Aqui descrevo com minhas palavras as 7 leis que ele comenta:

Lei 1 – Faça o custo ser um requisito não-funcional; Essa lei já é auto-explicativa o suficiente!

Lei 2 – Entenda o custo e como esse sistema esta fazendo dinheiro, para que a durabilidade do seu sistema seja boa, pois ele estará sempre trazendo dinheiro ao business.

Lei 3 – Arquitetura é uma sequencia de trade-offs. – Entenda que a cada escolha existe uma renúncia. Não seja apaixonado pelo componente, mas sim por criar a melhor arquitetura adaptativa com o melhor componente.

Lei 4 – Sistemas sem observabilidade levam a custos desconhecidos. Nem preciso descrever melhor neh!

Lei 5 – Arquiteturas com reconhecimento de custos implementam controles de custos. – A essência da arquitetura frugal é o monitoramento robusto combinado com a capacidade de otimizar custos.

Lei 6 – A otimização de custos é incremental. –

A busca pela eficiência de custos é uma jornada contínua. Mesmo após a implantação, devemos revisitar os sistemas para melhorar gradativamente a otimização.

Lei 7 – O sucesso incontestado leva a suposições. – Pra mim a mais difícil de explicar, mas tbm a mais legal! Times que sempre venceram têm dificuldade de revisar suas arquiteturas e buscar melhorias. Cuidado, sempre surgem novas tecnologias que são melhores e com melhor custo benefício! Revise sempre!

Mais detalhes: https://www.thefrugalarchitect.com/

--

--