Como uma arquitetura pode te trazer eficiência em custos? Bora falar de EDA: Event-Driven Architecture (EDA) da AWS!

Jaime Nagase
2 min readApr 10, 2023

Com a adoção de arquiteturas de microserviços associada a escalabilidade automática e a migração para a nuvem, a complexidade dos ambientes de TI tem aumentado progressivamente, tornando a gestão dos custos um desafio ainda maior.

Uma das soluções para esse problema é a Event-Driven Architecture (EDA), uma arquitetura de software em que os componentes do sistema se comunicam por meio de eventos.

A EDA te ajuda de forma eficiente na otimização de custos, pois permite que os recursos sejam usados apenas quando necessário. Em vez de manter servidores em funcionamento continuamente, os recursos podem ser ativados somente quando um evento ocorre, como uma nova solicitação de serviço ou uma atualização de dados. Outra forma interessante é que ele te possibilita auto-escalar somente os microserviços que estão sendo demandados e não todo sistema, como seria no caso de um monolito.

Dentro das características da AWS dos serviços de messaging, temos também a possibilidade de realizar filtros dos eventos, fazendo com que apenas os eventos realmente necessários sejam processados evitando custos desnecessários.

Por exemplo, imagine uma aplicação web que recebe milhares de solicitações por segundo. Em vez de manter servidores sempre ativos para lidar com o volume de tráfego, a aplicação poderia usar a EDA para escalar automaticamente os recursos de acordo com a demanda. Quando a demanda diminui, o recurso é desativado, economizando recursos e reduzindo os custos. Pois o importante é que o evento vira uma unidade de trabalho e de controle de demanda para sua unidade computacional.

Além disso, a EDA permite que as empresas implementem de forma mais fácil a agilidade. Como as interações entre os componentes do sistema são baseadas em eventos, é possível construir sistemas mais flexíveis e adaptáveis. Quando há a necessidade de se criar uma nova unidade de negócio ou um serviço novo no mesmo sistema, basta criar ou reutilizar os eventos para um novo microserviço de forma que não impacte o sistema como um todo.

Em resumo, a Event-Driven Architecture é uma solução eficiente e flexível para a otimização de custos em ambientes de TI. Ao adotar essa abordagem, as empresas podem reduzir os custos operacionais, aumentar a agilidade e a responsividade, e melhorar a qualidade do serviço prestado aos usuários. #EDA #Serverless

Saiba mais no papo que nosso episódio #2 – Falando sério sobre Arquitetura Baseada em Eventos!

https://lnkd.in/d8CVbwMV

--

--